domingo, 27 de maio de 2012

Os benefícios da uva -Além de ser uma delícia...



 A uva é rica em vitaminas A, B e C, carboidratos, proteínas, flavonóides, iodo e fósforo, pois o consumo diário de dois copos de suco de uva ajuda a proteger o coração contra infartos, a ingestão do suco ajuda a desobstruir as artérias, melhora o funcionamento do fígado e dos rins, regula as taxas de colesterol no sangue, auxilia na eliminação de ácido úrico do sangue.
A uva é uma fruta deliciosa e seu suco é apreciado, suave e refrescante, pois os sucos proporcionam vários benefícios para a saúde, as uvas possuem substâncias antioxidantes que realizam uma função importante no organismo que ajuda a melhorar a circulação sanguínea, ela possui resveratol que é uma substância que ajuda na dilatação dos vasos sanguíneos, permitindo sua fluidez.
Os flavonóides presentes  na uva impedem a formação de radicais livres que são os principais causadores do envelhecimento precoce, essa substância ajuda a reduzir o mau colesterol (LDL) e mantém em equilíbrio o bom colesterol (HDL).
O suco de uva deve ser preparado com casca, pois coloquem em um liquidificador os gomos de uva com a pele, as sementes são necessárias para manter os benefícios do suco de uva, acrescente dois copos de água e um cacho pequeno de uva, coe e coloque algumas pedras de gelo e tome logo após o preparo, o resveratrol é encontrado principalmente na casca e traz muitos benefícios para a saúde.
O suco de uva ajuda a dilatar as artérias e com isso faz com que o sangue circule melhor, proporciona um sistema cardíaco saudável e forte, pois a fruta é capaz de gerar energia em forma de açúcares simples e isso é um componente que o músculo do coração necessita para realizar os movimentos corretos de contração, as propriedades da uva não deixam que o colesterol ruim se acumule nas paredes das artérias, aproveite todos esses benefícios e crie o hábito de tomar o suco de uva.
Todos os alimentos possuem propriedades que são essenciais para o bom funcionamento do organismo e devem ser consumidos com moderação, mantenha um cardápio saudável e colorido, cuide de sua saúde através dos alimentos saudáveis e beba dois litros de água diariamente para manter o corpo hidratado, saiba que a água é essencial para melhorar o funcionamento do intestino e eliminar as toxinas do organismo através da urina.
O suco de uva possui muitas calorias e você deve preparar somente dois copos para serem consumidos durante o dia, pois o seu consumo aumenta a expectativa de vida e estimula a digestão e ótimo para o coração.

 Receita de Suco de Uva Caseiro. Aqui você vai aprender como preparar uma receita de suco de uva caseiro concentrado que segundo pesquisadores possui propriedades e substâncias como o resveratrol que ajuda a prevenir inúmeras doenças.

Foi feita uma pesquisa no Brasil, solicitada pela empresa sucos do Vale dos Vinhedos e feita pela PUC – RS na qual foi constatado que o resveratrol antibiótico natural produzido naturalmente pelas videiras para proteção dos cachos de uva contra fungos e umidade, tem demostrado inúmeras aplicações na área da medicina. As suas propriedades terapêuticas são altamente eficazes no combate aos radicais livres e a hipertensão.

Então, tenha sempre na geladeira seu suco de uva caseiro e tome nas refeições, por que além de ser saudável e gostoso, pode prevenir várias doenças.

 

Como fazer suco de uva caseiro

Ingredientes
1 kg de uvas pretas
2 xícaras de açúcar
Água, para cobrir as uvas na panela

Modo de preparar o suco de uva concentrado caseiro:

Retire as uvas do cachos e lave-as.  Em uma panela coloque as uvas, as duas xícaras de açúcar e cubra com a água. Leve ao fogo até se desfazer, esse processo é bem rápido. Deixe esfriar e coloque tudo no liquidificador e bata. Apos é só peneirar e engarrafar.
Para conservar, coloque na geladeira.

Read more: http://www.digitei.com/receita-de-suco-de-uva-caseiro/#ixzz1w6Um3jjo

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Energias que Curam...Mãos que curam...


Energia liberada pelas mãos consegue curar malefícios, afirma pesquisa da USP
Um estudo desenvolvido recentemente pela USP (Universidade de São Paulo), em conjunto com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), comprova que a energia liberada pelas mãos tem o poder de curar qualquer tipo de mal estar. O trabalho foi elaborado devido às técnicas manuais já conhecidas na sociedade, caso do Johrei, utilizada pela igreja Messiânica do Brasil e ao mesmo tempo semelhante à de religiões como o espiritismo, que pratica o chamado “passe”.
Todo o processo de desenvolvimento dessa pesquisa nasceu em 2000, como tema de mestrado do pesquisador Ricardo Monezi, na Faculdade de Medicina da USP. Ele teve a iniciativa de investigar quais seriam os possíveis efeitos da prática de imposição das mãos. “Este interesse veio de uma vivência própria, onde o Reiki (técnica) já havia me ajudado, na adolescência, a sair de uma crise de depressão”, afirmou Monezi, que hoje é pesquisador da Unifesp.
Segundo o cientista, durante seu mestrado foi investigado os efeitos da imposição em camundongos, nos quais foi possível observar um notável ganho de potencial das células de defesa contra células que ficam os tumores. “Agora, no meu doutorado que está sendo finalizado na Unifesp, estudamos não apenas os efeitos fisiológicos, mas também os psicológicos”, completou.
A constatação no estudo de que a imposição de mãos libera energia capaz de produzir bem-estar foi possível porque a ciência atual ainda não possui uma precisão exata sobre esse efeitos. “A ciência chama estas energias de ‘energias sutis’, e também considera que o espaço onde elas estão inseridas esteja próximo às frequências eletromagnéticas de baixo nível”, explicou.
As sensações proporcionadas por essas práticas analisadas por Monezi foram a redução da percepção de tensão, do stress e de sintomas relacionados a ansiedade e depressão. “O interessante é que este tipo de imposição oferece a sensação de relaxamento e plenitude. E além de garantir mais energia e disposição.”

Neste estudo do mestrado foram utilizados 60 ratos. Já no doutorado foram avaliados 44 idosos com queixas de stress.
O processo de desenvolvimento para realizar este doutorado foi finalizado no primeiro semestre deste ano. Mas a Unifesp está prestes a iniciar novas investigações a respeito dos efeitos do Reiki e práticas semelhantes a partir de abril do ano que vem.