segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

DICAS DE COMO ACABAR COM O CHULÉ...

Às vezes, sentimo-nos desconfortáveis quando temos que tirar os sapatos em sapatarias, aulas de ioga ou na piscina por causa do mau cheiro que os nossos pés exalam. Esse é o famoso chulé, também conhecido como bromidose palatar, e é causado principalmente pela falta de higiene, que faz com que bactérias e fungos proliferem nas plantas dos pés, agindo com a queratina macerada liberada pelo suor.
Os microrganismos decompõem o suor excessivo.O suor é composto por água e sais minerais e não possui cheiro, mas, quando em contato com as bactérias colonizadas nos pés, devido ao uso de sapatos fechados, sem ventilação, ou em decorrência de estresse e alterações hormonais, surge a situação tão incômoda e com odor ruim. A decomposição é um processo de fermentação e libera gases de odor ruim. Sapatos fechados, de borracha, de plásticos,  meias sintéticas,  facilitam a produção de suor e impedem a ventilação dos pés. Para reduzir o mau cheiro provocado pelo chulé, é necessário fazer com que o suor dos pés diminua ou reduzir as bactérias que estão na região dos pés. Portanto, para se livrar de vez desse terrível incômodo, aprenda a fazer receitas caseiras para acabar com o chulé.


Livre-se do chulé com receitas caseiras.
1-Para fazer a primeira receita caseira, você precisará de 200 ml de álcool comum, 2 pedrinhas de cânfora e 1 copo de folhas secas de menta ou de hortelã. Então, deixe as pedrinhas derreterem no álcool. Esse processo demora cerca de 5 dias. Em seguida, adicione as folhas de hortelã e de menta a 1 litro de água fervente e deixe-a amornar. Repouse os pés por 30 minutos nessa última mistura, seque-os bem e faça uma massagem generosa entre os dedos com o álcool canforado.

2-A segunda receita caseira para acabar com o chulé é feita com meio litro de água, 2 colheres de sopa de folhas de arnica e 2 de hortelã. Faça um chá com todos esses ingredientes, deixando-o abafar por uns 20 minutos. Depois, mergulhe os seus pés nessa mistura por 15 minutos, secando-os bem em seguida e esperando aproximadamente 10 minutos para colocar os sapatos.


Outro aliado são as lontoforese, umas placas que, quando colocadas na região plantar, promovem uma troca de íons que diminuem a transpiração. Há também o uso de medicação, que deve ser prescrito pelo médico, quando necessário.

O ideal é ter um cuidado específico com essa região, evitando condições que favoreçam a proliferação de bactérias. A higiene também é fundamental. Procure usar meias de algodão, evitar o uso de tênis sem meias, expor os calçados ao sol, trocas as meias todos os dias, secar bem os pés, usar cremes esfoliantes, dentre outras orientações. Use vai ajudar a diminuir o problema
O nosso corpo precisa sempre de alguns cuidados de higiene, porem muitas pessoas costumam cuidar de partes do seu corpo, e esquecer das demais, um exemplo clássico do que estamos dizendo, são os pés, muitas pessoas se esquecem que seus pés merecem cuidados tanto quanto o restante do corpo.

Os pés costumam muitas vezes apresentar proliferação de bactérias e fungos, as vezes as unhas acabam ficando doentes, pegando doenças que muitas vezes danificam as unhas e podem leva-las até mesmo a cair, porem o problema mais comum que os pés apresentam é o chulé, isto acontece por calçar as meias e os sapatos com os pés molhados, o que facilitam a proliferação das bactérias que adoram locais úmidos para se desenvolverem, e o mau odor, pode perseguir você por muito tempo, e quem os tem sente-se envergonhado perante outras pessoas, o que faz com que a auto estima da pessoa acabe ficando abalada.


Pensando nisso, empresas de cosméticos, investiram para descobrir produtos que conseguissem amenizar, resolver e combater o aparecimento de odores indesejáveis nos pés, e acabaram criando formulas de desodorantes para os pés, que protegem contra a umidade e a proliferação das bactérias. Existem no mercado produto da marca Avon Cosméticos, que se chama Foot Works, a empresa Granado também criou para a sua linha mais antiga de talco, o desodorante aerossol para os pés, a linha Essencial também tem estes desodorantes, a Natura criou o desodorante para os pés na linha Erva Doce, porem ele é em creme.

Os esportistas costumam usar muito estes desodorantes para a pratica dos seus esportes, mas devemos lembrar que não são só os esportistas que apresentam este tipo de problema, por isso vale a pena você adquirir este produto e se prevenir contra o mau cheiro nos seus pés, basta você ir até uma loja especializada na venda de cosméticos e perfumaria, ou até uma farmácia mais próxima de você e comprar o desodorante para os pés que mais lhe agradar, lembrando que os produtos da Avon e da Natura, só podem serem encontrados através das suas revendedoras.

Além dos pés, você deverá cuidar também dos seus calçados, mante-los sempre limpos e secos. Não use a mesma meia, sempre que retirá-las troque o par. Após o banho seque bem os pés e entre os dedos, passe o desodorante nos pés e no calçado também. Procure comprar meias de algodão, pois as meias de sintético inibem o suor, por isso fazem os pés transpirarem mais, as de algodão absorvem o suor, deixando os pés mais livres deles. Quando não for sair, prefira deixar os pés livres de meias e calçados, assim ele ficará mais livre e não transpirará excessivamente. Sempre que usar um calçado, mesmo que esteja limpo, coloque-o para tomar sol, assim inibe o suor que já esta lá dentro. Alguns materiais que são confeccionados os calçados ajudam na proliferação do cheiro, é como se o cheiro ficasse preso no calçado, fique atenta a isso quando for comprar um novo calçado.

Com estas dicas tenho certeza que o mau odor dos seus pés irão diminuir, mas lembre-se o desodorante dos seus pés não são simplesmente para tirar o mau cheiro, eles costumam hidratar também esta parte do corpo que geralmente fica esquecida.




segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Castanha-do-Pará: Alimento poderoso.

Ela é rica em nutrientes, ajuda a retardar o envelhecimento e ainda previne muitas doenças como o câncer e algumas doenças cardiovasculares.
A castanha-do-pará ou castanha-do-brasil, é a semente da castanheira-do-pará que é uma árvore nativa da Floresta Amazônica.
Atualmente sua plantação é bem grande no estado do Acre, no norte da Bolívia e no Suriname.
Apesar disso, faz parte da Lista Vermelha da IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais) como uma espécie uqe caminha para o desaparecimento, por muitas causas como o desmatamento, queimadas,que ameaçam a sua existência.
Essa castanha é muito consumida pela população brasileira. Podemos encontrá-la de várias formas como: torrada, farinha, em doces e sorvetes ou in natura.

•17% de proteína;
•7% de carboidratos;
•67% de gordura;
•Vitaminas A, C, B1, B2 e B5;
•Fósforo;
•Cálcio;
•Selênio.

É muito grande o poder da castanha do pará como alimento,ela tem a quantidade cinco vezes maior do que a encontrada no leite de vaca
É o alimento que mais tem selênio ,substância que em pesquisas já foi comprovada a sua eficácia contra o envelhecimento, age aumentando o sistema imunológico, auxília na manutenção e no desenvolvimento mental,ajuda na prevenção do câncer, ajuda também na manutenção do equilibrio do hormônio ativo da tireoide3, auxiliando no crescimento adequado das células. Além disso, por ser um alimento antioxidante, combate os radicais livres produzidos pelo organismo, capazes de causar danos irreversíveis às células
Alimento indispensável
A castanha-do-pará é um alimento importante pois pode auxiliar no tratamento de diversas doenças como:

•Anemia;
•Desnutrição;
•Falta de minerais essenciais no organismo;
•Problemas mentais.

Consumo diário.
A quantidade indicada pelos especialistas, para se conseguir todos os benefícios desse alimento, é equivalente a uma ou, no máximo, duas sementes por dia. Uma única castanha possui em torno de 55 microgramas de selênio, satisfazendo a quantidade diária necessária dessa substância.

Outros benefícios
Além de todos esses benefícios que o selênio provoca no organismo, vale lembrar que a castanha do pará também possui magnésio, elemento responsável pelo bom funcionamento cardíaco, das células nervosas e pela formação dos ossos.
Há outras vantagens também, pois essa castanha contém o ômega 3, que proporciona uma melhoria na memória, nas habilidades motoreas, na velocidade de reação e, o que é mais importante, reduz o estresse.
estamos dando uma preciosa dica de saúde pois em vez de se entupir de remédios, e ficar sujeito aos seus efeitos colaterais, o negócio é recorrer a natureza e se beneficiar desse abençoado alimento.


Receita do leite enriquecido de Castanha do Pará

Ingredientes:
1 litro de água
1 xícara de castanhas- do-pará
2 colheres de mel
1 colher de café de sal
1/2 xícara de aveia



Fazendo-

1- Leve ao fogo a água com a aveia deixe ferver por 3 minutos.
2- Retire do fogo essa mistura e espere esfriar um pouco.
3- Em um liquidificador coloque essa mistura e as castanhas, bata bem.
4-Coe em uma peneira fina.
5- Acrescente mel e o sal para saborizar, esse leite oferece uma qualidade de proteina de alto valor biológico.
6-O bagaço que foi coado pode ser empregado em massas de bolos, bolinhos, farofa, etc...