sábado, 27 de fevereiro de 2010

SAÚDE E O PH DO SANGUE...







Os minerais, os alimentos, o pH do sangue e a saúde do homem.
 Achei muito legal essa matéria relacionada a saúde.
 A afirmação de que o surgimento do ser vivo está diretamente relacionada aos minerais, isto é, os minerais deram origem aos seres vivos, a cada dia torna-se mais clara e confirma os ensinamentos bíblicos: "Tu és pó e a pó tornarás!" O mineral é, portanto a base, o início de tudo; veja a clorofila, encontrada nos vegetais, compondo sua molécula existe um átomo de magnésio; no sangue dos animais, fazendo parte da molécula da hemoglobina encontramos o elemento mineral ferro, sua deficiência é conhecida por anemia.

Na estrutura das moléculas das vitaminas encontra-se um mineral, por exemplo: na vitamina B-12 encontra-se um átomo de cobalto; riboflavina ou vitamina B-2 encontra-se o mineral fósforo; as vitaminas do complexo B estão ligadas ao fósforo ou ao pirofosfato; a vitamina D está ligada ao cálcio.

Grande parte das substâncias orgânicas conhecidas, mostra em sua estrutura um átomo de algum mineral. Os minerais, as vitaminas e todas as substâncias essenciais para o ser humano, o alcançam através do alimento. O alimento é, portanto, responsável pela manutenção e abastecimento do ser vivo.

Estando o alimento deficitário de uma das substâncias, dá início a um desequilíbrio, que se torna mais grave quando a deficiência é de um mineral, uma vez que compõe a base ou estrutura das substâncias orgânicas.
Vem daí a necessidade de se produzir alimentos completos, equilibrados isto é, sadios.

 Os alimentos têm sua origem no solo. O solo vem sofrendo várias agressões e por isso fica desequilibrado, doente. Um desequilíbrio freqüentemente encontrado é a acidez do solo, responsável por grandes prejuízos para o agricultor e em seqüência, ao homem que está no final da cadeia alimentar.

 A acidez do solo, ou o pH baixo do solo faz com que a planta deixe de absorver determinados minerais e por isso, aparecem doenças nas plantas.

Para corrigir a acidez do solo, isto é, elevar o pH para deixá-lo próximo da normalidade que é de 6,5 a 7,0 usa-se calcário para corretivo de solo, ou farinhas de rocha, ricas em minerais, que além de corrigir a acidez, fornece nutrientes minerais restituidores da saúde do solo.

Um outro produto que poderia ser utilizado para corrigir a acidez dos solos, seria as águas salobras (alcalinas) encontradas no Nordeste do Brasil. Fariam a recuperação (correção) mais rapidamente e forneceriam nutrientes valiosos para a saúde das plantas, dos animais e do homem; porém, o método ainda necessita ser mais estudado para ser colocado em prática.

Assim, para que um produto esteja equilibrado, sadio, em condições de servir de alimento, o solo que o produziu, tem que ter um pH ideal, caso contrário, os minerais necessários para dar saúde àquele alimento não são absorvidos. Daí a importância do pH.

Do mesmo modo, o pH do sangue humano precisa estar em seu limite ideal de 7,4 para absorver os minerais necessários à saúde daquele indivíduo. Qualquer alimento sólido, ou líquido, que prejudique o equilíbrio do pH ideal estará comprometendo a saúde. Assim, o pH do sangue humano está inteiramente relacionado à saúde. Uma pequena variação do pH dá oportunidade a uma redução do seu sistema imunológico, dando oportunidade para que seres vivos prejudiciais à nossa saúde, como vírus, bactérias, fungos, que vivem em meios ácidos, com pH abaixo de 7,0 proliferem e encontrem ambiente propício para sobreviver.

 A maior parte das pessoas acometidas de câncer apresentam um pH no tecido de 4,5. Esse ambiente é pobre em oxigênio e muito propício para instalação de câncer. Dr. Otto Warburg da Alemanha duas vezes laureado, ganhou o seu primeiro Prêmio Nobel pela descoberta de que o câncer se desenvolve em ambiente de menor quantidade de oxigênio e esse ambiente é criado quando o pH é baixo. 

Quando o pH do sangue está baixo, as gorduras são aderidas às paredes das artérias causando doenças do coração. As doenças causadas pela tireoide é resultado da deficiência do mineral iodo. Esse elemento só é absorvido pelo o organismo quando está com o pH ideal. Por isso, na sociedade atual é freqüente encontrar pessoas com doenças da tireoide, porque atualmente valoriza-se alimentos que proporcionam ao organismo um ambiente de pH baixo. Em resumo, estando o pH do nosso sangue abaixo da normalidade 7,4 estamos propensos a todos os tipos de doenças: Câncer, artrite, diabetes, doenças do coração, fadiga crônica, alergias além de doenças causadas por vírus, bactérias e fungos. Uma maneira de manter o seu pH é evitar alimentos com pH baixo, como café (em torno de 4,0), refrigerante (em torno de 2,0), cerveja (varia de 2,5 a 4,2 dependendo da marca). Açúcar é um grande rebaixador de pH. :