quinta-feira, 30 de maio de 2013

Nutricionistas Indicam Bons Alimentos Para o Dia a Dia.




 Alimentação saudável,alimentos orgânicos,alimentos vivos,alimentos frescos.
1. Beber água suficiente no dia.
Beber  de dois a três  litros de água. Isto gera  bem-estar ,melhora o organismo.Fiquem atentos para que a água te favoreça, não beba muito  durante as refeições,beba antes  ou depois das refeições.
2.Beba Chás
Chá verde,chá de hibisco,chá de hortelã,chá de erva cidreira e uma infinidade de sabores.Pode fazer com frutas,maçãs,morangos,cascas de laranja,limão,Pode temperar com gengibre,com canela,com baunilha,com cravo,com raspas de limão.Pode usar a imaginação.
 Achei essa receitinha deve ser ótima: frutos vermelhos com limão, hortelã e pimenta-de-caiena.
Pode tomar morno ou geladinho.
3-Iogurtes ,ele faz maravilhas com o sue intestino.
. Para os lanches   entre refeições, iogurte é ótima pedida.pode ser uma sobremesa por exemplo:
Siga esta sugestão: junte 2 colheres de sopa de aveia, 1 colher de sobremesa de sementes de chia e linhaça triturada, 1 iogurte sólido e 1 peça de fruta. Misture tudo e deixe no frigorífico pelo menos duas horas. Depois, junte a fruta inteira, em pedaços ou esmagada.
4.Coma frutas...frutas é saúde do TGI(Trato Gastro intestinal)
Frutas variadas durante o dia. Mamão ,laranja,abacaxi,melancia e por aí vai, além do seu perfil nutricional, são frescos, e por isso ideais para as refeições dos dias mais quentes.

5.Coma muitos legumes
Grande diversidade de legumes, alimento que garante a ingestão ideal de todas as vitaminas e minerais. 
Prepare o molho em cas olha aí uma receita: com um iogurte temperado a gosto (1 colher de sopa de hortelã, 1 colher de sopa com sumo de limão e 1 colher de chá de azeite).
6. Aprenda a comer sementes muita fibra:
Experimente incluir sementes nas refeições, várias opções: linhaça, chia, quinoa e amaranto... Contudo, tenha cuidado: deve comer pequenas doses: uma ou duas colheres de sobremesa por dia.
As sementes podem ser incluídas no pequeno-almoço ou merendas, juntamente com iogurtes e fruta, mas também em refeições principais, adicionadas a saladas,cozidas nas sopas e ensopados.
7.Maravilhosos ovos
Os ovos, proteína de elevado valor biológico.
As claras podem ser usadas em vários tipos de receitas, devido ao seu sabor neutro, e porque conferem uma consistência mais cremosa, dando “corpo” ao resultado.
Faça ingestão dele na consistência de ovo duro,ele assim é melhor absorvido pelo organismo.

8.Saborosas ervas,saborosos condimentos e temperos 
 Enriquecem o sabor dos pratos e evitam o consumo excessivo de sal.
Os condimentos são bons para acentuar o  sabor e tem também efeitos terapêuticos e curativos-Cúrcuma, orégano,mostarda,páprica,coentro e um monte diferentes que temos nos mercados e feiras.
9. Proteinas
 Carnes,aves, fonte de vitamina B12,fonte de proteína que o organismo,necessita .
Sendo vegetariano veja a questão da reposição de B12 e use e abuse dos feijões ,lentilhas,ervilhas,queijos,ovos...
10. O pescado
Pode ser Salmão que é requintado ,mas pode ser a sardinha que é popular e muitos outros ,peixe é sempre muito saudável..

11-Embutidos e industrializados
Evitar esses alimentos,comer muito de vez em quando.
12-Açúcar
Reduzir ao máximo o consumo,coma pouco.
13-Oleaginosas
Muito saudáveis,coma pequenas porções por dia.





Nutricionistas indicam bons alimentos para o dia a dia.




 Alimentação saudável,alimentos orgânicos,alimentos vivos,alimentos frescos.
1. Beber água suficiente no dia.
Beber  de dois a três  litros de água. Isto gera  bem-estar ,melhora o organismo.Fiquem atentos para que a água te favoreça, não beba muito  durante as refeições,beba antes  ou depois das refeições.
2.Beba Chás
Chá verde,chá de hibisco,chá de hortelã,chá de erva cidreira e uma infinidade de sabores.Pode fazer com frutas,maçãs,morangos,cascas de laranja,limão,Pode temperar com gengibre,com canela,com baunilha,com cravo,com raspas de limão.Pode usar a imaginação.
 Achei essa receitinha deve ser ótima: frutos vermelhos com limão, hortelã e pimenta-de-caiena.
Pode tomar morno ou geladinho.
3-Iogurtes ,ele faz maravilhas com o sue intestino.
. Para os lanches   entre refeições, iogurte é ótima pedida.pode ser uma sobremesa por exemplo:
Siga esta sugestão: junte 2 colheres de sopa de aveia, 1 colher de sobremesa de sementes de chia e linhaça triturada, 1 iogurte sólido e 1 peça de fruta. Misture tudo e deixe no frigorífico pelo menos duas horas. Depois, junte a fruta inteira, em pedaços ou esmagada.
4.Coma frutas...frutas é saúde do TGI(Trato Gastro intestinal)
Frutas variadas durante o dia. Mamão ,laranja,abacaxi,melancia e por aí vai, além do seu perfil nutricional, são frescos, e por isso ideais para as refeições dos dias mais quentes.

5.Coma muitos legumes
Grande diversidade de legumes, alimento que garante a ingestão ideal de todas as vitaminas e minerais. 
Prepare o molho em cas olha aí uma receita: com um iogurte temperado a gosto (1 colher de sopa de hortelã, 1 colher de sopa com sumo de limão e 1 colher de chá de azeite).
6. Aprenda a comer sementes muita fibra:
Experimente incluir sementes nas refeições, várias opções: linhaça, chia, quinoa e amaranto... Contudo, tenha cuidado: deve comer pequenas doses: uma ou duas colheres de sobremesa por dia.
As sementes podem ser incluídas no pequeno-almoço ou merendas, juntamente com iogurtes e fruta, mas também em refeições principais, adicionadas a saladas,cozidas nas sopas e ensopados.
7.Maravilhosos ovos
Os ovos, proteína de elevado valor biológico.
As claras podem ser usadas em vários tipos de receitas, devido ao seu sabor neutro, e porque conferem uma consistência mais cremosa, dando “corpo” ao resultado.
Faça ingestão dele na consistência de ovo duro,ele assim é melhor absorvido pelo organismo.

8.Saborosas ervas,saborosos condimentos e temperos 
 Enriquecem o sabor dos pratos e evitam o consumo excessivo de sal.
Os condimentos são bons para acentuar o  sabor e tem também efeitos terapêuticos e curativos-Cúrcuma, orégano,mostarda,páprica,coentro e um monte diferentes que temos nos mercados e feiras.
9. Proteinas
 Carnes,aves, fonte de vitamina B12,fonte de proteína que o organismo,necessita .
Sendo vegetariano veja a questão da reposição de B12 e use e abuse dos feijões ,lentilhas,ervilhas,queijos,ovos...
10. O pescado
Pode ser Salmão que é requintado ,mas pode ser a sardinha que é popular e muitos outros ,peixe é sempre muito saudável..

11-Embutidos e industrializados
Evitar esses alimentos,comer muito de vez em quando.
12-Açúcar
Reduzir ao máximo o consumo,coma pouco.
13-Oleaginosas
Muito saudáveis,coma pequenas porções por dia.





domingo, 26 de maio de 2013

Cólica Menstrual ...Dicas para amenizar a dor


Durante o ciclo menstrual, as mulheres podem apresentar distúrbios que interferem em sua qualidade de vida. Um deles é a tensão pré-menstrual (TPM), ou desordem disfórica pré-menstrual, que ocorre antes da menstruação e caracteriza-se por sintomas físicos (retenção de líquidos, aumento das mamas que ficam doloridas, dor de cabeça) e sintomas psicológicos, tais como irritabilidade, agressividade, nervosismo, vontade de chorar por qualquer motivo, depressão. Embora o nome tensão pré-menstrual tenha surgido na década de 1930, esse distúrbio foi descrito por Hipócrates, séculos antes de Cristo.
O outro distúrbio é a cólica menstrual, ou dismenorreia, um problema que afeta praticamente todas as mulheres em algum momento da vida e que pode variar de intensidade. Em alguns casos, a dor e o mal-estar são suportáveis, mas noutros os sintomas são tão intensos e persistentes que impedem o exercício das atividades normais do dia a dia




E atenção...
Quase toda mulher tem, ou já teve, cólica menstrual. Em muitos casos, um simples analgésico resolve o problema. Para algumas mulheres, porém, toda menstruação é um verdadeiro martírio, que chega a prejudicar o trabalho ou os estudos. Se esse é o seu caso, atenção: a cólica forte é o principal sintoma da endometriose, doença ainda pouco conhecida que, segundo especialistas, afeta cerca 6 milhões de mulheres no Brasil e é uma das principais causas de infertilidade feminina.

A doença é caracterizada pela presença de endométrio (mucosa que reveste o útero) em local indevido, ou seja, fora da cavidade uterina. O tecido pode ir para ovário, intestino, bexiga, e até para os pulmões. Os fatores que dão origem ao problema ainda são discutidos pelos médicos. Mas sabe-se que ele é cada vez mais frequente à medida que as mulheres adiam a gravidez. "Quanto mais a mulher menstrua, mais ela fica exposta à doença", explica o médico Eduardo Schor, chefe do setor de endometriose da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). 
Em entrevista ao UOL Ciência e Saúde, Schor também conta que a dioxina, substância tóxica presente na produção de plástico e outros derivados de petróleo, também pode ter relação com o aumento da endometriose. Mas isso ainda é alvo de investigações científicas. O fundamental, segundo ele, é que médicos e mulheres conheçam a doença para que ela seja diagnosticada o quanto antes, evitando complicações como a perda do útero e ovários.

UOL Ciência e Saúde: O que é endometriose?
Eduardo Schor: Quando a mulher menstrua, é o endométrio (mucosa que reveste o interior da cavidade uterina) que descama. Em 80% das mulheres, uma parte desse endométrio volta e cai dentro da pelve. É o que chamamos de menstruação retrógrada, que não é necessariamente sinal de doença. Nas mulheres com endometriose, porém, essas células formam o que chamamos de implantes. Toda vez que a mulher menstrua, aquele pedacinho de endométrio no lugar errado "menstrua" também, e a doença progride. Esses implantes podem ir para ovário, intestino, bexiga, e até para os pulmões. Recentemente recebi o vídeo de uma menina de 14 anos que tem foco de endometriose no olho: quando ela menstrua, ela chora sangue. Mas isso é raríssimo. 

UOL Ciência e Saúde: Qual o perfil de mulher com mais chance de ter a doença?
Schor: Normalmente a doença é diagnosticada em mulheres entre 25 e 35 anos. No entretanto, sabemos que a endometriose começa mais cedo. Hoje acreditamos que começa na adolescência. Jovens que têm parentes com a doença na família também devem ficar atentas. As mulheres que começam a menstruar mais cedo também têm mais chance de ter endometriose.
UOL Ciência e Saúde: O que origina a endometriose?
Schor: Há duas linhas de pesquisa. Uma defende que a doença está no útero, ou seja, a mulher com endometriose teria uma série de alterações e, por isso, as células que caem na pelve causam problema. Outra parcela defende que a doença está ligada a questões imunológicas - o organismo não conseguiria combater essas células que voltam pela menstruação retrógrada. E há a propensão genética, também. Quem tem caso de endometriose na família tem sete vezes mais chances de ter a doença. Mas é difícil que as mulheres, hoje, tenham essa informação, porque suas mães e avós engravidavam mais cedo e, assim, não desenvolviam a doença.
1. Tome medicamentos com orientação médica 
“Os tratamentos são à base de antiespasmódicos ou com anticoncepcional, caso os sintomas da TPM sejam muito intensos”, comenta o médico Alex Botsaris.
2. Aposte na homeopatia 
“Alguns remédios como Lachesis, Sépia, Calcarea Carbônica, Caulophyllum e Chamomilla são indicados para as cólicas, mas a recomendação depende das características de cada paciente”, diz Botsaris.

3. Descanse 
“O simples ato de se deitar com a barriga para baixo, apoiada em um travesseiro, comprimindo-a, já ameniza as dores”, diz a fisioterapeuta Deborah Supino.
4. Faça exercícios físicos 
Atividades como alongamento, ioga, caminha ou andar de bicicleta ajudam. “Feitos de forma regular e moderada, liberam endorfinas e amenizam as dores”, explica Deborah Supino.
Siga esses exemplos: deite-se de costas, com joelhos dobrados, pés no chão e braços para trás. Ao mesmo tempo, levante os braços para a frente e estique as pernas para a posição sentada. Incline-se para a frente e tente alcançar os pés com os dedos das mãos. Retorne à posição normal.
Outro exercício: fique em pé, de frente para a parede, a uma distância de 30 cm. Cruze os braços na altura dos ombros. Incline a barriga até que toque a parede. Permaneça nesta posição por um minuto, mantendo os calcanhares no chão e os joelhos retos. Retorne à posição inicial.
5. Pratique pilates 
“As dores são amenizadas pelo trabalho realizado no centro de força, localizado na região abdominal. O controle respiratório também contribui para a diminuição das tensões que agravam as dores”, argumenta a professora Cristina Abrami. “As aulas nesses períodos devem ser modificadas, diminuindo a intensidade dos exercícios, principalmente os abdominais”.
6. Beba chás 
“Prefira ervas como Angélica chinesa, que tem efeito antiespasmódico, agoniada (Himatanthus lancifolius), que age também como analgésica, ou canela, que é utilizada desde a antiguidade no tratamento da cólica”, indica Alex Botsaris.
7. Passe por uma sessão de acupuntura 
O tradicional tratamento com agulhas tem efeito analgésico e regula o ciclo menstrual.
8. Use a boa e velha bolsa de água quente 
Coloque-a na região lombar e no abdômen. “O calor estimula a irrigação, relaxa a musculatura e ameniza o impacto das contrações do útero”, explica Deborah Supino.
9. Faça uma massagem 
A chinesa ou a Ayurvédica possuem pontos que, ao serem apertados, tratam a TPM e as cólicas. O mais usado é um chamado Zi Gong Xué, que fica perto das bordas do púbis.
10. Abuse dos alimentos certos 
Alimentos com cálcio (laticínios e vegetais escuros), magnésio (soja, banana, beterraba, aveia, tofu, couve e abobrinha) e gorduras poliinsaturadas (salmão, atum e castanha do Pará) podem te ajudar. “Eles são relaxantes musculares e têm poder anti-inflamatório natural”, orienta a médica ortomolecular Mariana Muniz, especialista em medicina anti-aging.
11. Fuja dos alimentos errados 
Esqueça os alimentos ricos em gorduras, pois favorecem uma maior produção de hormônios femininos. Evite ainda os embutidos e as bebidas com cafeína (café, chá preto e refrigerantes).
12. Evite situações estressantes 
“Muitas pessoas com dores ficam mais irritadas e perdem a paciência. Para estes casos, recomendo os florais de Bach, que neutralizam a agressividade”, comenta a terapeuta holística Maria Aparecida das Neves. Os mais indicados são Rescue Remedy, Holly e Cherry Plum.

Fontes de pesquisa para a Matéria.
*Drauzio Varela
*Uol
*Ig


segunda-feira, 6 de maio de 2013

GRIPE H1N1 - Algumas medidas preventivas...



A gripe H1N1, ou influenza A, é provocada pelo vírus H1N1 da influenza do tipo A. Ele é resultado da combinação de segmentos genéticos do vírus humano da gripe, do vírus da gripe aviária e do vírus da gripe suína, que infectaram porcos simultaneamente.
O período de incubação varia de 3 a 5 dias. A transmissão pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela se dá pelo contato direto com os animais ou com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias. Experiências recentes indicam que esse vírus não é tão agressivo quanto se imaginava.
Segundo a OMS e o CDC (Center for Deseases Control), um centro de controle de enfermidades, nos Estados Unidos, não há risco de esse vírus ser transmitido através da ingestão de carne de porco, porque ele será eliminado durante o cozimento em temperatura elevada (71º Celsius).
Sintomas
Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar febre alta, acima de 38º, 39º, de início repentino, dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.
Diagnóstico
Existem testes laboratoriais rápidos que revelam se a pessoa foi infectada por algum vírus da gripe. No caso do H1N1, como se trata de uma cepa nova, o resultado demora aproximadamente 15 dias. No entanto, nos Estados Unidos, já foram desenvolvidos “kits” para diagnóstico, que aceleram o processo de identificação do H1N1.
Vacina
A vacina contra a influenza tipo A é feita com o vírus (H1N1) da doença inativo e fracionado. Os efeitos colaterais são insignificantes se comparados com os benefícios quepode trazer na prevenção de uma doença sujeita a complicaçõesgraves em muitos casos.
Existe ainda uma vacina com ação trivalente, poisimuniza contra o H1N1e o H3N2 dainfluenza A e contra o da influenza B.
É bom lembrar que avacina contra gripe sazonal que está sendo distribuída atualmente no Brasil foi preparada a partir de uma seleção de subtipos de vírus que representavam ameaça antes de aparecer o H1N1, uma variante nova de vírus influenza tipo A.
Tratamento
É de extrema importância evitar a automedicação. O uso dos remédios sem orientação médica pode facilitar o aparecimento de cepas resistentes à medicação Os princípios ativos fosfato de oseltamivir e zanamivir, presentes em alguns antigripais (Tamiflu e Relenza) e já utilizados no tratamento da gripe aviária, têm-se mostrado eficazes contra o vírus H1N1, especialmente se ministrados nas primeiras 48 horas, que se seguem ao aparecimento dos sintomas.
Recomendações
Para proteger-se contra a infecção ou evitar a transmissão do vírus, o Center Deseases Control (CDC) recomenda:
* Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool;
* Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;
* Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;
* Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;
* Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;
* Suspender, na medida do possível, as viagens para os lugares onde haja casos da doença;
* Procurar assistência médica se surgirem sintomas que possam ser confundidos com os da infecção pelo vírus da influenza tipo 

(DR Dráuzio Varela)

TEXTOS SOBRE PLAN  O Dr. Vinay Goyal, urgentista reconhecido mundialmente, diretor de um departamento de medicina nuclear, tiroídica e cardíaca pede para você divulgar a mensagem abaixo para o maior número de pessoas possível, a fim de contribuir para minimizar o número de casos da Gripe A, causada pelo vírus H1N1.
"As únicas vias de acesso para o vírus da gripe são as narinas, a boca e a garganta. Em relação a esta epidemia tão vastamente propagada, apesar de todas as precauções, é praticamente impossível não estar em contato com portadores do vírus que a promove.
     Contudo, alerto para o seguinte: o problema real não é tanto o contato com o vírus, mas a sua proliferação. Enquanto estamos em boa saúde e não apresentamos sintomas de infecção da gripe A (H1N1), há precauções a serem tomadas para evitar a proliferação do vírus, o agravamento dos sintomas e o desenvolvimento das infecções secundárias. Infelizmente, estas precauções, relativamente simples, não são divulgadas suficientemente na maior parte das comunicações oficiais.
    Porque será? Por ser barato demais e não haver lucros?
Eis algumas precauções:
1. Como mencionado na maior parte das publicidades, lave as mãos frequentemente.
2. Evite, na medida do possível, tocar no rosto com as mãos.
3. Duas vezes por dia, sobretudo quando esteve em contato com outras pessoas, ou quando chegar em casa, faça gargarejos com água morna contendo sal de cozinha. Decorrem normalmente 2 a 3 dias entre o momento em que a garganta e as narinas são infectadas e o aparecimento dos sintomas. Os gargarejos feitos regularmente podem prevenir a proliferação do vírus. De certa maneira, os gargarejos com água salgada têm o mesmo efeito, numa pessoa em estado saudável, que a vacina sobre uma pessoa infectada. Não devemos subestimar este método preventivo simples, barato e eficaz. Os vírus não suportam a água morna contendo sais.
4. Ao menos uma vez por dia, à noite, por exemplo, limpe as narinas com a água morna e sal. Assoe o nariz com vigor, e, em seguida, com um cotonete para ouvidos (ou um pouco de algodão) mergulhado numa solução de água morna com sal, passe nas duas narinas. Este é um outro método eficaz para diminuir a propagação do vírus. O uso de potes nasais para limpeza das narinas, contendo água morna e sal de cozinha, é um excelente método para retirar as impurezas que albergam os vírus e bactérias; trata-se de um costume milenar, da India.
5. Reforce o seu sistema imunitário comendo alimentos ricos em vitamina C. Se a vitamina C for tomada sob a forma de pastilhas ou comprimidos, assegure-se de que contém Zinco, a fim de acelerar a absorção da vit. C.
6. Beba tanto quanto possível bebidas quentes (chás, café, infusões etc.). As bebidas quentes limpam os vírus que podem se encontrar depositados na garganta e em seguida depositam-nos no estômago onde não podem sobreviver, devido o pH local ser ácido, o que evita a sua proliferação."
Amigo (a): Será uma grande contribuição se você fizer chegar esta mensagem ao maior número de pessoas possível. Você prestará um serviço de grande utilidade pública, ajudando no combate desta gripe que já dizimou tantas pessoas.