terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Alma Verde: Chá-mate faz secar até 4 kg Pesquisa comprova que ...

Alma Verde: Chá-mate faz secar até 4 kg Pesquisa comprova que ...: O chá mate virou novamente uma bebida da moda foi a grande atração do último globo repórter sobre plantas e divulgaram as suas proprieda...

Conheça mais sobre a glândula timo...



A Glândula Timo

Timo : a chave da energia vital. No meio do peito, bem atrás do osso
onde a gente toca quando diz ''eu'', fica uma pequena glândula chamada
timo. Seu nome em grego, thýmos, significa energia vital. Precisa
dizer mais? Precisa, porque o timo continua sendo um ilustre
desconhecido. Ele cresce quando estamos contentes, encolhe pela metade
quando estressamos e mais ainda quando adoecemos. Essa característica
iludiu durante muito tempo a medicina, que só conhecia através de
autópsias e sempre o encontrava encolhidinho. Supunha-se que atrofiava
e parava de trabalhar na adolescência, tanto que durante décadas os
médicos americanos bombardeavam timos adultos perfeitamente saudáveis
com megadoses de raios X achando que seu ''tamanho anormal'' poderiam
causar problemas. Mais tarde a ciência demonstrou que, mesmo
encolhendo após a infância, continua totalmente ativo; é um dos
pilares do sistema imunológico junto com as glândulas adrenais e a
espinha dorsal, e está diretamente ligado aos sentidos, à consciência
e à linguagem.
Como uma central telefônica por onde passam todas as ligações, faz
conexões para fóra e para dentro. Se somos invadidos por micróbios ou
toxinas, reage produzindo células de defesa na mesma hora. Mas também
é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos,
toques, sons, palavras, pensamentos. Amor e ódio o afetam
profundamente. Idéias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus
ou bactérias. Já que não existem em forma concreta, o timo fica
tentando reagir e enfraquece, abrindo brechas para sintomas de baixa
imunidade, como herpes. Em compensação, idéias
positivas conseguem dele uma ativação geral em todos os poderes,
lembrando a fé que remove montanhas. O teste do pensamento, um teste
simples pode demonstrar essa conexão. Feche os dedos polegar e
indicador na posição de o.k, aperte com força e peça para alguém
tentar abrí-los enquanto você pensa '' estou feliz''. Depois repita
pensando '' estou infeliz''. A maioria das pessoas conserva a força
nos dedos com a idéia feliz e enfraquece quando pensa infeliz.
(Substitua os pensamentos por uma bela sopa de legumes ou um lindo
sorvete de chocolate para ver o que acontece...) Esse mesmo teste
serve
para lidar com situações bem mais complexas. Por exemplo, quando o
médico precisa de um diagnóstico diferencial, seu paciente tem
sintomas no fígado que tanto podem significar câncer quanto abcessos
causados por amebas. Usando lâminas com amostras, ou mesmo
representações gráficas de uma e outra hipótese, testa a força
muscular do paciente quando em contato com elas e chega ao resultado.
As reações são consideradas respostas do timo e o método, que tem sido
demonstrado em congressos científicos ao redor do mundo, já é ensinado
na Universidade de São Paulo (USP) a médicos acupunturistas.
O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração, que acaba
ganhando todos os créditos em relação a sentimentos, emoções,
decisões, jeito de falar, jeito de escutar, estado de espírito...''
Fiquei de coração apertadinho'', por exemplo, revela uma situação real
do timo, que só por reflexo envolve o coração. O próprio chacra
cardíaco, fonte energética de união e compaixão, tem mais a ver com o
timo do que com o coração- e é nesse chacra que, segundo os
ensinamentos budistas, se dá a passagem do estágio animal para o
estágio humano. ''Lindo!'', você pode estar pensando, 'mas e daí?''.
Daí que, se você quiser, pode exercitar o timo para aumentar sua
produção de bem estar e felicidade. Como? Pela manhã, ao levantar, ou
à noite, antes de dormir.

a) Fique de pé, os joelhos levemente dobrados. A distância entre os
pés debe ser a mesma dos ombros. Ponha o peso do corpo sobre os dedos
e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.


b) Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas
com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o rítimo assim: uma
forte e duas fracas. Continue entre três e cinco minutos, respirando
calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda a região
torácica.

O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o
crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração,
brônquios e garganta. Ou seja, enchendo o peito de algo que já era seu
e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se transformar
em coragem, calma, nutrição emocional, abraço. Ótimo, ìntimo, Cheio de
estímulo.

Bendito Timo.


Da jornalista e pesquisadora Sonia Hirsch

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Chia a semente que está na moda...emagrece e nutre...

Fiquei muito interessada nessa sementinha, a CHIA as pessoas estão falando muito sobre ela e suas propriedades, então fui em busca de algumas informações para passar para vocês e fiquei impressionada com as propriedades que ela possui, com certeza vale a pena utilizar. dela 
  
Os alimentos têm grande influência no desempenho do nosso organismo.  É 

essencial ter e manter uma alimentação balanceada e rica em nutrientes. 

Descobrimos agora  a semente de chia, cultivada no sul do México. Ela tem 

inúmeros  benefícios, essa sementinha que tanto está na moda é capaz de 

auxiliar na perda de peso, previne diabetes e doenças cardiovasculares.

Segundo a nutricionista Thais Souza, da Rede Mundo Verde,  essa semente era 

muito utilizada pelos astecas, mexicanos e habitantes do Sul da Califórnia e do 

Arizona como suplemento alimentar para aumentar a resistência, a energia e a 

força necessária sob condições extremas como o calor intenso, a escassez de 

água e alimentos. 
Fibra
"A semente de chia apresenta alto teor de 

fibras, nutriente essencial para o bom 

funcionamento do organismo. As fibras 

apresentam a capacidade de promover 

saciedade, pois em contato com líquido no 

interior do estômago formam uma espécie 

de “gel” que dilata o estômago”, conta a 

nutricionista. Estudos apontam que o 

consumo da chia pode auxiliar na perda de peso, pois auxilia na redução do 

apetite. Além disso, a formação desse “gel” aumenta o volume do bolo fecal, 

facilitando a eliminação das fezes e melhorando o funcionamento do intestino. 

“gel” formado pela fibra em contato com líquido auxilia ainda no tratamento e prevenção de doenças como diabetes e doenças cardiovasculares. Parte da glicose e gordura em excesso permanecem retidos na fibra, sendo eliminados através das fezes.
Proteína

“Outra característica é que a semente apresenta maior teor de proteína quando 

comparada a outros cereais como o milho, o arroz, a aveia, a cevada e o trigo. 

Por isso, o consumo da chia pode beneficiar vegetarianos, pois complementa o 

fornecimento deste nutriente na dieta”, afirma. 
  A chia pode ser utilizada na alimentação de crianças, adolescentes e 

gestantes, por ter nutrientes essenciais para o crescimento e desenvolvimento. 

Praticantes de atividades físicas também podem se beneficiar do consumo 

desta semente, já que estes indivíduos necessitam de maior aporte proteico 

quando comparados a indivíduos sedentários.
Vitamina e Minerais
Chia é uma boa fonte de vitaminas do complexo B, de minerais como: cálcio, 

fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco e cobre. “Por ser boa fonte de cálcio é 

uma excelente opção para aqueles que apresentam osteopenia e osteoporose. 

Para crianças e gestantes, o cálcio é importante para a formação da massa 

óssea”, explica Thais.




Antioxidantes
Os radicais livres são produzidos diariamente em nosso organismo, durante a 

respiração, digestão dos alimentos, exposição à poluição, dentre outros. Os 

radicais livres podem danificar as células levando desde envelhecimento 

precoce 

até doenças como câncer. Os antioxidantes são capazes de bloquear o efeito 

prejudicial dos radicais livres. A maioria dos antioxidantes são encontrados em 

alimentos de origem vegetal, como frutas, verduras, legumes e cereais 


integrais. Importantes antioxidantes encontrados nas sementes de chia são o 

ácido cafeico e ácido clorogênico. Estudos indicam que o consumo de altos 

níveis de alimentos e bebidas ricos em compostos antioxidantes podem proteger 

contra doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.
 Onde encontrar e como consumir
A semente pode ser adquirida em 

qualquer 

loja de produtos naturais. E consumida de 

diferentes maneiras: espalhada em 

cereais, iogurtes, saladas ou  adicionada 

na bebida.

A Chia está disponível no mercado de três formas: óleo, farinha e grão inteiro. O óleo pode ser usado como temperos de saladas e pratos em geral, e a farinha ou o grão podem ser adicionados em iogurtes, vitaminas, tortas, bolos, saladas, sucos, entre outras receitas.
"A porção diária recomendada é de 25 gramas, o equivalente a uma colher de sobremesa", diz a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional. Caso você passe um pouco dessa recomendação, não há grandes problemas, mas é importante não exagerar e manter sempre a dieta equilibrada, pois a chia é um tanto calórica - são 164 calorias por porção da semente. Confira tudo o que essa colherzinha diária pode fazer pela sua saúde!


Proteção do cérebro 
 Explicam ainda que a semente de chia contém altas concentrações de três minerais fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo: o ferro, o cálcio e o magnésio.
- Cálcio é importante para a saúde dos ossos. Mas, em combinação com o magnésio, é melhor ainda, pois esse mineral desempenha um importante papel na parte da construção óssea e muscular.
Além disso, o magnésio é excelente para o funcionamento mental, porque atua no nosso humor, no combate ao estresse e na melhora da nossa motivação. 


Depois de séculos de obscuridade a semente da planta Salvia Hispanica, conhecida como Chia, mais uma vez assumir um papel como fonte de alimento de suma importância, na dieta de pessoas conscientes do papel da alimentação na saúde. Chia inicialmente cultivada no sul do México, foi um marco da cultura Inca, Maias e Astecas. Chia é a palavra Maia para força. Chamaram a chia de "alimento executivo", porque os mensageiros poderiam correr o dia todo, com apenas um punhado de sementes, com uma incrível resistência. 
O que as pesquisas estão constatando é que as sementes de Chia tem um dos maiores perfis de benefícios científicos de todos os alimentos conhecidos, incluindo:
- Baixar o nível de açúcar no sangue;
- Baixa pressão arterial ;
- Aumento da energia e resistência;
- Melhorar saúde cardiovascular;
- Estimular o crescimento e o desenvolvimento neurológico da criança;
- Contribuir para a fluidez da membrana neural;
- Melhora nas funções neurológicas;
- Melhorar a saúde do cólon e do intestino;
- Diminuição do refluxo gastro-esofágico e azia;
- A perda de peso saudável;
Chia oferece um surpreendente equilíbrio de macronutrientes, óleos e fibras. Com mais cálcio que leite integral, mais magnésio que brócolis, mais capacidade antioxidante do que as uvas mirtilo, mais ferro que o espinafre, mais potássio que bananas e mais proteína do que o feijão, soja ou ervilhas. Também é a mais alta fonte de ômega 3 de origem vegetal. É alimento de mega energia e construtor de endurance (resistência). Por não ter glúten, é ótimo para celíacos.


É parece que é bem completa a chia vale a pena usar para ver o resultado...