domingo, 27 de setembro de 2009

BELEZAS DA NATUREZA!!!



Amamentar é Preciso...








Leite Materno

Leite materno se refere ao leite produzido pela mulher e é utilizado para alimentar seu bebê através do aleitamento. É ele a primeira e principal fonte de nutrição dos recém-nascidos até que se tornem aptos a comer e digerir os alimentos sólidos.

Importância
O leite materno é fundamental para a saúde das crianças nos seis primeiros meses de vida, por ser um alimento completo, fornecendo componentes para hidratação (água) e fatores de desenvolvimento e proteção como anticorpos, leucócitos (glóbulos brancos), macrófago, laxantes, lípase, lisozimas, fibronectinas, ácidos graxos, gama-interferon, neutrófilos, fator bífido e outros contra infecções comuns da infância, isentam de contaminação e perfeitamente adaptado ao metabolismo da criança. Já foi demonstrado que a complementação do leite materno com água ou chás é desnecessária, inclusive em dias secos e quentes. Recém-nascidos normais nascem suficientemente hidratados para não necessitar de líquidos, além do leite materno, apesar da pouca ingestão de colostro nos dois ou três primeiros dias de vida. O leite humano, em virtude das suas propriedades anti-infecciosas, protege as crianças contra infecções desde os primeiros dias de vida. Além de diminuir o número de episódios de diarreia, encurta o período da doença quando ela ocorre e diminui o risco de desidratação.
O leite humano é fonte completa de nutrientes para o lactente amamentado exclusivamente no seio até os seis meses de vida. A composição química do leite materno atende também às condições particulares de digestão e do metabolismo neste período de vida do recém nascido.
Vários são os fatores que podem determinar variações na composição do leite materno, como: estágio de lactação, parto prematuro, tempo de gestação, esvaziamento da mama, hora e intervalo entre as mamadas, grau de pressão utilizado para extrair o leite, método e horário de coleta das amostras, técnicas de análise laboratorial, intervalo entre as gestações e a ingestão de álcool ou drogas.
Componentes do Leite materno
O leite humano fornece em torno de 70 Kcal/100ml. Os lipídios fornecem 51% da energia total do leite, carboidratos 43 % e proteína 6%. Os lipídios além de fornecerem energia, também apresentam importantes papéis fisiológicos e estruturais, além de ser o veículo para entrada das vitaminas lipossolúveis do leite.
Lactose é o carboidrato predominante do leite. A presença de lactose no leite humano auxilia a proliferação dos Lactobacilos bífidos que por inibir o crescimento de microorganismos gram-negativos impede o aparecimento de infecções intestinais.
O leite humano é o que contém o menor teor de proteínas, sendo o teor maior no colostro – primeira secreção da glândula mamária (15,8g/l). As proteínas do leite são divididas em caseína e proteínas do soro. A maior quantidade de proteínas do leite de vaca (82%) está na forma de caseína, enquanto que no leite humano maduro o teor de caseína não ultrapassa 25% das proteínas totais. A caseína é uma proteína importante como provedora de aminoácidos livres ao lactente, além de cálcio e fósforo que são constituintes de suas micelas. Já as proteínas do soro do leite (lactoferrina, imunoglobulinas), são essenciais para a proteção do recém nascido.
A maioria das vitaminas está presente em quantidades adequadas no leite humano. Apesar de o leite de vaca conter algumas vitaminas em quantidades superiores ao leite materno, o aquecimento, a exposição à luz e ao ar inativam e destroem a maioria delas.
O teor de eletrólitos do leite de vaca é três a quatro vezes superior ao do leite materno e, associado ao alto teor de proteínas, pode provocar uma sobrecarga renal que pode levar à retenção de sódio, hiperosmolaridade e aumento da sensação de sede. Esta sede pode ser interpretada como fome, e mais leite é oferecido à criança.
O ferro está presente em concentrações semelhantes no leite humano e no leite de vaca, porém apresenta melhor disponibilidade no primeiro. A lactoferrina, proteína que se liga ao ferro no leite humano reduz a quantidade de ferro livre, inibindo a multiplicação bacteriana.
Composição do leite materno (100ml)


Dieta e Sabor do Leite Materno
O leite materno reflete diretamente os sabores dos alimentos ingeridos pela mãe, tais como alho, hortelã, álcool, baunilha entre outros. A exposição a estes fatores parece ser um fator determinante na aceitação de alimentos após o desmame, levando a criança a preferir os sabores já conhecidos.
O leite humano é muito diferente do leite adaptado (leite em pó).
O leite materno contém todas as proteínas, açúcar, gordura, vitaminas e água que o bebê necessita para ser saudável.
Além disso, contém determinados elementos que o leite em pó não consegue incorporar,
tais como anticorpos e glóbulos brancos. É por isso que o leite materno protege o bebê de certas doenças e infecções.

O aleitamento materno protege as crianças de:
• Otites;
• Alergias;
• Vômitos;
• Diarreia;
• Pneumonias;
• Bronquiolites;
• Meningites.
Outras vantagens do leite materno para o bebê:
• Melhora o desenvolvimento mental do bebê;
• É mais facilmente digerido;
• Amamentar promove o estabelecimento de uma ligação emocional, muito forte e precoce entre a mãe e a criança, designada tecnicamente por vínculo afetivo.

Atualmente, sabe-se que um vínculo afetivo sólido facilita o desenvolvimento da criança e o seu relacionamento com as outras pessoas;
• O ato de mamar ao peito melhora a formação da boca e o alinhamento dos dentes.
Amamentar tem vantagens também para a mãe:
• A mãe que amamenta sente-se mais segura e menos ansiosa;
• Amamentar faz queimar calorias e por isso ajuda a mulher a voltar, mais depressa, ao peso que tinha antes de engravidar;
• Ajuda o útero a regressar ao seu tamanho normal mais rapidamente;
• A perda de sangue depois do parto acaba mais cedo;
• A amamentação protege do cancro da mama que surge antes da menopausa;
• A amamentação protege do cancro do ovário;
• A amamentação protege da osteoporose;
• A amamentação exclusiva protege da anemia (deficiência de ferro).
As mulheres que amamentam demoram mais tempo para ter menstruações, por isso as suas reservas de ferro não diminuem com a hemorragia mensal;
• Amamentar é muito prático! Não é necessário esterilizar e preparar mamadeira.
Não é necessário levantar-se de noite para preparar a mamadeira.
Amamentar também é vantajoso para a família:
• A amamentação é mais econômica para a família.
Basta multiplicar o preço de uma lata de leite em pó, pelo número de latas necessárias ao longo da vida da criança, e somar ainda o dinheiro gasto em mamadeira e chupetas.
O leite adaptado (leite em pó) é muito diferente do leite materno e a sua utilização tem riscos para o bebê:
• Os leites artificiais usados habitualmente, são feitos a partir de leite de vaca. Por essa razão, o uso de leite artificial aumenta o risco de alergia ao leite de vaca.
• As crianças que são alimentadas com leite artificial têm maiores risco de vir a sofrer de otites, amidalites, bronquiolites, pneumonias, diarreias, infecções urinárias e sepse.
• As crianças alimentadas com leite em pó, além de terem maior risco de sofrer as infecções referidas, as infecções de que sofrem surgem com maior gravidade, porque o seu sistema imunológico não recebe a ajuda dos anticorpos, glóbulos brancos e outros fatores imunológicos presentes no leite materno.
• As crianças alimentadas com leite artificial têm maior risco de desenvolver linfomas.
• As crianças que são alimentadas com leite em pó têm maior risco de vir a sofrer de Diabetes tipo I (insulino-dependente).
• As crianças que são alimentadas com leite artificial têm maior risco de sofrer obesidade na vida adulta.
• As crianças alimentadas com leite em pó têm maior risco de desenvolver eczema, asma e outras manifestações de doença alérgica.
• A UNICEF calcula que um milhão e meio de crianças morrem por ano por falta de aleitamento materno. E não se pense que é só nos países do terceiro mundo. Mesmo nos países industrializados muitas mortes se poderiam evitar com o aleitamento materno.




sábado, 26 de setembro de 2009

Bióloga da UNESP fala sobre a Dengue. Combate o mosquito com café???









Tive Dengue,com todos os cuidados que tomo em casa ,mas casas abandonadas são minhas vizinhas,cheias de entulhos a casa ideal para os mosquitos.
E os sintomas da doenças são terríveis,..dores,febres,coceiras,dor de cabeça, zumbidos ...por isso tudo que falam para combater me interessa.

Café, arma eficiente contra a dengue
SABEM PORQUE ISSO NÃO É DIVULGADO, NÉ?
AS PREFEITURAS ARRECADAM, TODOS OS ANOS, UMA POLPUDA VERBA EXTRA, POR CONTA DO MOSQUITINHO! !! POR QUE ACABAR COM ELE!?!?!?
GENIAL E IMPORTANTE!! !
VERÃO E DENGUE ANDAM JUNTOS.


Uma cientista paulista, a bióloga Alessandra Laranja, do Instituto de
Biociências da UNESP (campus de São José do Rio Preto), durante a pesquisa
da sua dissertação de mestrado, descobriu que a borra de café produz um
efeito, que bloqueia a postura e o desenvolvimento dos ovos do Aedes
aegypti.

O processo é extremamente simples: o mosquito pode ser combatido,
colocando-se borra de café, nos pratinhos de coleta de água dos vasos, no
prato dos xaxins, dentro das folhas das bromélias. A borra de café, que é
produzida, todos os dias, em praticamente, todas as casas do País, tem custo
zero. O único trabalho é o de colocá-la nas plantas, devendo, inclusive, ser
jogada sobre o solo do jardim e do quintal.

Os especialistas em saúde pública, entre eles, médicos sanitaristas, estão
saudando a descoberta de Alessandra, uma vez que, além da ameaça da Dengue
tipo 3, possível de acontecer devido às fortes chuvas do verão, surge outra
ameaça, proveniente do exterior: a da Dengue tipo 4.
Conforme explica a bióloga, 500 microgramas de cafeína, da borra de café,
por mililitro de água, bloqueiam o desenvolvimento da larva, no segundo de
seus quatro estágios, e reduz o tempo de vida dos mosquitos adultos. Em
seu estudo, ela demonstrou que a cafeína da borra de café altera as
enzimas esterases, responsáveis por processos fisiológicos fundamentais,
como o metabolismo hormonal e da reprodução, podendo ser, essa, a causa dos
efeitos verificados sobre a larva e o inseto adulto.

A solução com cafeína pode ser feita com duas colheres de sopa, de borra
de café, para cada meio copo de água, o que facilita seu uso, pela população
de baixa renda, e pode ser aplicada em pratos, que ficam sob vasos com
plantas; dentro de bromélias; e sobre a terra dos vasos, jardins e hortas.

O mosquito se desenvolve, até mesmo, na película fina de água, que, às
vezes, se forma sobre a terra endurecida, dos jardins e hortas, e, também,
na água dos ralos e de outros recipientes, que acumulam água parada (pneus,
garrafas, latas, caixas d'água, etc.).

"A borra não precisa ser diluída em água para ser usada" , diz a bióloga.
Pode ser colocada, diretamente, nos recipientes, já que a água, que escorre,
depois de regar as plantas, vai diluí-la. Ou seja: ela recomenda que a borra
de café passe a ser usada, também, como um adubo, ecologicamente correto.
Atualmente, o método mais usado, no combate ao Aedes aegypti, é o aspersão
de inseticidas organofosforados, altamente tóxicos para homens, animais e
plantas.

Que tal colaborarmos, repassando esta mensagem e aplicando a borra de
café???



Luciana Rocha Antunes
Bióloga - especialista em Gestão Ambiental
Mestranda em Agroecologia e Desenv. Rural
UFSCar e Embrapa Meio Ambiente






ATENÇÃO CUIDADO COM A ÁGUA NO MICROONDAS!!!




Um alerta para que todos fiquem atentos.
Faz 5 dias meu filho de 26 anos decidiu tomar uma xícara de café instantâneo.
Pôs para aquecer no microondas (algo que já havía feito antes em várias ocasiões) uma xícara somente com água. Não sei exatamente por quanto tempo o programou mas me disse que queria que a água fervesse.
Quando o tempo acabou o forno se apagou e ele tirou a xícara do forno.
Enquanto olhava a xícara se deu conta que a água não estava fervendo; todavia, a água saltou diretamente para seu rosto. Ele a soltou de suas mãos depois que a água havia saltado para seu rosto devido a energia acumulada. Todo seu rosto têm feridas de 1º e 2º graus e é muito provável que o rosto ficará marcado. Além de haver perdido a vista parcialmente do olho esquerdo. Enquanto estávamos no hospital o doutor que o atendia comentou que estes tipos de acidentes eram muito frequentes e que nunca deveria por somente água para aquecer em microondas.
Se se aquece água desta forma sempre se deve pôr algo na água, um palito de madeira ou um sachê de chá, mas se se vai aquecer somente a água é melhor
usar o fogão à gás.

Isto é o que um professor de física disse a respeito: 'Obrigado por me enviar a mensagem advertido-me a cerca da água em microondas. Soube de vários casos. Isto é causado por um fenômeno conhecido como super-aquecimento' . Pode acontecer em qualquer momento que a água está aquecendo..... especialmente se o utensílio que se está usando é novo.
O que acontece é que a água se aquece muito mais rápido que as borbulhas que começarão a se formar. Se a xícara é nova não têm nenhum raspão ou ranhura por onde as borbulhas possam ir e possam começar a borbulhar na água que já está fervendo, de tal maneira que a água vai aquecendo sobrepassando o tempo de ferver (como quem diz ferve...e ferve... e ferve....).
O que acontece então é que a água se obstrui, fica estancada e ao contato com o ar a água salta com força pela energia contida.

ok pessoal fiquem atentos.

sábado, 19 de setembro de 2009

Poesia Bela...Oh! Alma.






OH! ALMA

A mão que impunha a bandeira do ideal
Da felicidade
Na libertação;
A mão quente que consola e cura
Que afaga o triste
E ergue o fraco,
A mão que ceifa o erro
E semeia a vida entre o bem e o mal,
Não poderia no calor da festa
Suportar a réplica dos céus partidos
Sem a carícia da mãozinha frágil,
Da mão etérica da Alma!
O olhar enigma que ora é tristonho,
ora é severo e lembra o sol,
O olhar vermelho que expele o fogo
Da paixão universal,
É também o olhar amigo,
Do eterno amigo
De olhar profundo e mágico.
A cabeça branca que tanto decifra enigmas humanos.
A cabeça que muitas vezes humilde e quieta
Desafia a prepotência,
Não seria erecta não seria quieta,
Não encotrasse em ti oh! Alma
O feminino e terno azul de sua Vida!
Os pés cansados de romper, na rocha
A estrada longa que nos leva a Aurora,
Somente ao lado dos seus pés oh! Alma,
Encontra forças para a grande empreita.
A boca incendiada pelo verbo
A incandescer mil almas geladas,
Não deixa de aspirar,oh! Alma,
Não deixas de aspirar o beijo
Da boca ardente e igual!

(ALÓDIO TOVAR)