Água muita água sempre - faz milagres no organismo.


Água: poção mágica (acredite!)

Não é à toa que os especialistas recomendam o consumo de, no mínimo, 2 litros de água por dia: na quantidade certa, essa "poção mágica" mantém a hidratação, garante seu organismo em pleno funcionamento e combate a retenção de líquido. “A recomendação diária para as mulheres é de 2 litros e para os homens de 2,5 a 3 litros. Mas, essa dose pode variar de acordo com fatores como temperatura, sudorese e a prática de atividades físicas", explica a nutricionista Cynthia Antonaccio.

No entanto, apesar de ser unanimidade entre os profissionais da saúde, essa recomendação ainda não se tornou um hábito na rotina de muita gente. "Das pessoas que frequentam a academia, 58% já começam a praticar exercícios físicos desidratadas", conta a nutricionista. De qualquer forma, ninguém tem dúvidas em relação aos benefícios que a água traz, mas ainda existem alguns mitos não desvendados sobre o assunto. BOA FORMA ajuda a esclarecer alguns deles.

Café, chás e sucos também podem compor a quantidade de líquidos que deve ser ingerida por dia?

De acordo com Cynthia Antonaccio, além da água, o café, os chás e os sucos podem completar a cota diária de líquidos. "O único porém é que os sucos oferecem um valor calórico. Então, é preciso ficar atenta para não ingerir a quantidade ideal de líquidos e extrapolar nas calorias", explica a nutricionista.

Quem bebe mais água do que o recomendado por dia pode ter algum tipo de problema?
Apenas quem tem problemas pré-existentes pode sofrer com eventuais complicações causadas pela ingestão excessiva de líquidos. Portadores de insuficiência renal, pessoas com baixo volume de diurese (urina) ou com tendência à edema (inchaço) devem tomar um certo cuidado para não exagerar na quantidade de água. "Nesses casos, recomendamos uma restrição hídrica. Se pessoas com problemas pré-existentes extrapolarem na quantidade de líquidos, o inchaço pode piorar, causando falta de ar e até complicações mais sérias", explica o secretário geral da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Daniel Rinaldi.

Posso reutilizar a garrafinha de água?
Se você é do tipo que carrega a sua pra lá e pra cá, fique ligada. O biomédico Roberto Figueiredo, de São Paulo, alerta que jogar água corrente na garrafa não é o suficiente para ficar livre de micro-organismos nocivos à saúde (causadores de virose, herpes e gastrite, por exemplo). “Diariamente, complete-a com água morna, pingue cinco gotinhas de detergente e deixe agir por cinco minutos. Depois, lave-a, utilizando uma escova específica como as de limpar mamadeira”, ensina. Uma vez por semana, capriche ainda mais na faxina, diluindo uma colher de chá de água sanitária em meio litro de água dentro da garrafa. Espere dez minutos, escorra e deixe secar.

Dicas para adotar a água

Não é tão difícil encontrar quem não seja muito fã de um copo d'água. Para essas pessoas, ingerir cerca de 2 litros de líquido por dia é um verdadeiro sacrifício. E apelar para um copo de refrigerante bem gelado pode ser mil vezes mais gostoso, mas é também menos saudável. Se esse é o seu caso, confira algumas dicas simples da nutricionista Cynthia Antonaccio que vão ajudar você a fazer da água seu vício saudável:

- Água gelada é sempre mais gostosa e refrescante do que água em temperatura ambiente.
- Sempre que alguém oferecer água para você, aceite.
- Sentiu sede? Não hesite em beber um copo d'água.
- Carregar garrafinhas abastecidas na bolsa ou deixá-las em cima da mesa do trabalho é uma ótima forma de criar o hábito de beber água sempre que a sede aparecer.

Comentários

  1. Água é fundamental para a vida, desde que nascemos até morrermos, quando ela retorna a terra.
    Gostei de conhecer seu blog, muito interessante.
    Abraços.
    Aprendizes.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

CURANDO!!!