Cuidado com Anafilaxia por Medicamentos e outras Substancia... Alergias.











Alguns  alimentos, medicamentos, picadas de insetos, e muitas outras substancias podem desencadear reações alérgica graves, como anafilaxia. 
Anafilaxia é a reação alérgica que tem alto  risco de vida,porque  envolve sistemas de todo o corpo. A anafilaxia é um perigo que exige urgencia no atendimento médico ela é uma reação que  requer tratamento médico imediato e cuidados de acompanhamento por um alergista/imunologista.
Mortes ocorreram por causa de atrasos no reconhecimento e resposta aos sintomas com tratamento imediato e outras intervenções médicas. 

Outras causas incluem: medicamentos (tais como a penicilina, a aspirina, e relaxantes musculares), exercício, temperaturas extremas, certos procedimentos médicos, e psicológicos, bem como outras causas desconhecidas. 

Sintomas

Há pessoas em que  os sintomas de anafilaxia podem aparecer num só sistema do corpo, tais como a pele ou os pulmões, enquanto que em outros aparecem em vários sistemas do corpo. Os sintomas variam as vezes  leve e outras vezes com  risco de vida, esse risco de vida pode acontecer depende da sensibilidade do indivíduo e da quantidade de exposição ao alérgeno. 

Os sintomas aparecem geralmente nos  primeiros 20 minutos de exposição ao alérgeno.
Mas atenção pois os sintomas podem desaparecer  e em seguida retornam depois de algumas  horas. Alimento é o que mais causa casos de anafilaxia em crianças. As crianças que tem  asma e alguma alergias alimentar são as que correm maior maior risco de anafilaxia e podem  reagir mais rapidamente, exigindo tratamento agressivo e rápido.
Sinais e sintomas de reações prejudiciais podem incluir um ou vários dos seguintes sintomas, e podem necessitar de tratamento de emergência imediato: 


PELE
• Urticária, erupções cutâneas, ou rubor;
• Comichão / formigamento / inchaço dos lábios, boca, língua, garganta;
• Congestão nasal ou comichão, corrimento nasal, espirros;
• Coceira, olhos inchados, lacrimejantes.

SISTEMA RESPIRATÓRIO
• Aperto no peito, falta de ar, pieira ou assobio;
• A rouquidão ou engasgo gastro-intestinal;
• Náuseas, vómitos, vômitos secos;
• Cólicas abdominais ou diarreia.

PROBLEMA CARDIOVASCULAR
• Tonturas, desmaios, perda de consciência;
• Pele corada ou pálida;
• A cianose (círculo azulado ao redor dos lábios e da boca).

MENTAL / PSICOLÓGICO 
• Mudanças no nível de consciência;
• A sensação de desgraça iminente, choro, ansiedade;
• Negação de sintomas ou gravidade.

Os sintomas mais sutis de uma reação grave podem incluir: 
• Gritos e choro;
• As crianças muito jovens vão colocar as mãos em sua boca ou puxar suas línguas.

Por vezes as pessoas afetadas por anafilaxia vão dizer:
• Este alimento é muito picante. Ele queima a boca ou lábios.
• Há algo preso na minha garganta.
• A minha língua e garganta parecem espessas. 
• Parece que algo está cutucando minha língua.
• Minha língua [ou boca] está formigando [ou queima].
• Minha língua [ou boca] coça.
• Parece que tenho cabelo na língua.
• Há um sapo na minha garganta.
• A minha língua sente-se completa (ou pesada).
• Sinto meus lábios apertados.
• Parece que há algo de errado nos meus ouvidos..
• Parece que tive uma colisão na parte de trás da minha língua (garganta).

ATENÇÃO

Anafilaxia Induzida pelo Exercício Deve-se dar uma especial atenção a esta que é uma das mais sérias respostas alérgicas ao exercício, embora seja evento raro. Manifesta-se por coceira generalizada, manchas vermelhas na pele, angioedema (inchaço na camada mais profunda da pele, especialmente nos lábios, mãos, pés, olhos ou região genital), sensação de calor generalizado, sintomas gastrointestinais, sensação de falta de ar e chiado devido a obstrução de vias aéreas, e alterações vasculares, podendo chegar ao choque anafilático. O quadro clínico surge entre dois e 30 minutos após a realização de exercícios vigorosos, permanecendo por até três horas. A incidência é maior em adultos jovens, embora já tenha sido diagnosticada em indivíduos com 60 anos de idade

Fontes de Pesquisas
Google Pesquisas
Blog Alergias Tipoanafilaxia

Comentários